Wonderland, um mundo de encantar...

 

 

Era uma vez uma menina sonhadora e fantasista que vivia rodeada de amor, crescia brincando ao balcão da retrosaria da sua avó, por entre prateleiras transbordando de tecidos, caixinhas mil com botões de encantar, linhas, fitas e galões, construindo o seu mundo encantado de faz-de-conta-que-sou-retroseira, imitando em cada gesto o escolher e cortar do tecido, encontrar o botão certo e a fita a combinar...

 

E a menina cresce, torna-se mulher, e sente dia-a-dia renascer em si a sua ilusão de criança, o desejo de mergulhar na fantasia de rendas e bordados, floresce-lhe no peito a urgência de partilhar o seu sonho, de dar vida ao seu mundo encantado e assim nasce a "Aline in Wonderland"...

 

 

A menina era eu e na retrosaria da minha avó havia peças de roupa e calçado, acessórios para o cabelo, lenços, chapéus de sol e de chuva e um sem número de miudezas...

Porque antigamente uma retrosaria não se limitava aos artigos de costura, a Wonderland - para além de um cem número de tecidos, galões e uma deliciosa colecção de botões vintage - é povoada por peças de moda e decoração, papelaria, material de bijutaria, joalharia e peças de autor.

 

A Wonderland recria o conceito antigo de retrosaria transportando-o para o presente, polvilhando de doses generosas de glamour, romantismo, fantasia, feminilidade e modernidade mas sempre com um toque vintage e retro.

 

Entrar na Wonderland é voltar a ser menina, permitir-se sonhar, deixar-se encantar.

Abra a porta à magia, deixe-se seduzir... pela Wonderland.


 


Aline [eu] e Tininha [avó] ao balcão da sua retrosaria

 

Obrigada avó, sei que olhas por mim



publicado por alineinwonderland às 18:03 | link do post | comentar